• Generic selectors
    Apenas correspondências exatas
    Pesquisar no título
    Pesquisar no conteúdo
    Procurar nas Páginas
    Pesquisar em páginas

Município



História

São João do Paraíso é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em 2010 era de 23.417 habitantes, segundo o IBGE. Está localizado ao norte de Minas Gerais, na mesorregião de Montes Claros e micro-região de Salinas, na divisa com o estado da Bahia. Compõe com outros municípios o Alto Rio Pardo.

Cidade pequena, limpa e organizada, é considerada a terra do doce de marmelo e maior exportadora do óleo de eucalipto, matéria prima que é utilizada na produção de diversos produtos industrializados. Também possui uma forte produção de carvão vegetal que se destina as usinas siderúrgicas localizadas na região de Sete Lagoas e Belo Horizonte.
São João como é chamada por seus moradores é reconhecida por ser uma cidade hospitaleira, terra de gente boa, que com o seu jeito mineiro simples de ser, acolhe de braços abertos todos os seus visitantes e pessoas que a escolhem para morar.

O município preserva e valoriza suas tradições culturais, como o seu rico artesanato, folia de reis, festas juninas onde acontecem levantamento de bandeiras em homenagens a santos, comemorações e apresentações de danças tradicionais. A festa de aniversário da cidade comemorada no dia 1º de janeiro é sempre aguardada com ansiedade por seus moradores e por todos os seus visitantes.
O município de São João do Paraíso é ligado por rodovia asfaltada ao município de Taiobeiras (70 km), Ninheira(30 Km) e por rodovia em leito natural aos municípios de Vargem Grande do Rio Pardo ( 30 km) e Cordeiros localizada no estado da Bahia (45km).

A região onde hoje está localizado o município era habitada pelos índios tapuias, até que o Conde da Ponte recebeu da Coroa as terras que iam até a fronteira da Bahia, abrangendo boa parte da bacia do rio Pardo. Suas terras continham todo o território do atual município.
No começo do séc. XVIII, a propriedade do Conde da Ponte estava arrendada na forma de fazendas. Em 1833, é criado o distrito de São João da Raposa, assim chamado devido à abundância de raposas na região, ligado ao município de Rio Pardo.

Em 1888, por iniciativa de Raimundo Meireles, descendente de um dos primeiros povoadores, foi doado um terreno para a construção da capela de Nossa Senhora da Saúde, às margens do rio São João. Com a sêca de 1890, as terras férteis da região atraíram muitos retirantes, e o arraial ganhou forte impulso, tornando-se importante centro comercial e passando a ser conhecido como São João do Paraíso. Torna-se município em 1943, sendo seu primeiro prefeito Dr. Osório Adrião da Rocha.